Número total de visualizações de página

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

"FC Porto tem 95% de hipóteses de vencer."

No balneário do Santa Eulália, próximo adversário do FC Porto na 3ª eliminatória da Taça de Portugal, todos os elementos da equipa estão cientes da superioridade dos bicampeões nacionais.



João Fernando, treinador da equipa vizelense, já avisou: 95% das hipóteses de vitória pertencem aos bicampeões da Liga Zon Sagres. Em relação ao restante, 0,5% cabe à equipa técnica e 4,5% aos jogadores. O grito de ordem é para desfrutar e tentar incomodar Golias, mesmo tendo dificuldades em ser David. 

Em declarações exclusivas ao Futebol 365, o homem do leme da equipa da III Divisão Nacional mostrou-se, sobretudo, racional. João Fernando sabe que o FC Porto é forte demais, mas também não deitará a toalha ao chão antes do encontro começar. É preciso procurar dar o melhor, dentro das enormes limitações do Santa Eulália, quando comparado com os azuis e brancos. 

«Se conseguirmos potenciar ao máximo os nossos pontos fortes, podemos marcar um golo ao FC Porto. Durante esses 90 minutos queremos aprender algo e conseguir um resultado pouco doloroso. Muitos jogadores desta equipa apoiam a equipa de Vítor Pereira e não há nada pior que sermos espezinhados por alguém que amamos», referiu, salientando a invencibilidade do seu conjunto no campeonato. 

«Queremos evitar um resultado volumoso, mas mesmo que isso aconteça, seremos derrotados a primeira vez nesta época pelo bicampeão da Liga Zon Sagres. Isso não pode envergonhar ninguém». 

Sempre com um discurso bem estruturado e cauteloso, João Fernando mostrou ao Futebol 365 ter estudado bem o plantel dos dragões, assinalando os seus pontos fortes e fracos. «O FC Porto não é perfeito e nenhuma equipa do mundo o consegue ser. Os nossos jogadores podem causar dificuldades em alguns aspetos», avisou, concluindo a sua análise. 

«Temos que evitar as bolas paradas e procurar não deixar jogadores como Atsu e Iturbe progredirem com a bola controlada. Cada um terá que ser forte individualmente e estar nas melhores condições. Um 0-0 ao intervalo já seria um bom prémio para a minha equipa. Tenho uma grande mágoa por os regulamentos não permitirem que todos possam jogar no sábado», justificou. 

A terminar, João Fernando admitiu que jogar no Campo Municipal de Santa Eulália teria outro sabor e uma maior carga simbólica, mas pediu a comparência em massa dos adeptos da sua equipa no estádio do Vizela, clube que atua na II Divisão B. 

«Espero que os adeptos marquem presença no estádio, embora saiba que muitos deles apoiam o FC Porto. A uma fatia considerável, qualquer resultado lhes poderá interessar, mas peço que desta vez estejam do lado da equipa da terra onde nasceram», concluiu. 

A partida entre Santa Eulália e FC Porto está marcada para o próximo sábado, a partir das 14.30 horas.

in Futebol 365

1 comentário:

  1. Zé Alberto, defesa do Freamunde, anteviu em exclusivo para o Contra-Ataque o embate frente ao Benfica. "Queremos fazer história"
    http://contra-ataque1.blogspot.pt/2012/10/exclusivo-contra-ataque-ze-alberto.html

    Abraço, contra-ataque.pt.to ou contra-ataque1.blogspot.com

    ResponderEliminar